Consumidor

Alimentação saudável exige cooperação

31/07/2017 |

O Mercado de Alvalade foi o palco escolhido para o lançamento da Estratégia Interministerial para Promover a Alimentação Saudável, que teve lugar no dia 29 de julho num ambiente informal típico das manhãs de sábado.

A abertura ficou a cargo do Presidente da Junta de Freguesia de Alvalade, André Caldas, que se referiu à importância das autarquias na promoção de alimentação saudável junto das populações, tendo-se seguido Francisco George, Diretor-Geral da Saúde, que falou sobre o consumo excessivo de sal e sobre os seus substitutos, como por exemplo ervas aromáticas.

Pedro Graça, Diretor do Programa Nacional Para a Promoção da Alimentação Saudável, que destacou o esforço que a indústria tem feito para redução de açúcar nos alimentos, foi responsável pela apresentação do Relatório de 2016, onde se detalha pela primeira vez o estado nutricional da população idosa e se destaca que 14,8% dos indivíduos apresentavam risco de desnutrição e 1,3% estavam, efetivamente, desnutridos, dados que Pedro Graça considerou de grande relevância. Informou ainda que dia 31 de julho terá início o debate público sobre a Estratégia Interministerial para Promover a Alimentação Saudável.

O evento contou ainda com painéis de debate, tendo o primeiro sido composto por Fernando Araújo (Secretário de Estado Adjunto e da Saúde), Carlos Miguel (Secretário de Estado das Autarquias Locais) e Luís Vieira (Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação), tendo sobressaído a aposta no combate ao consumo excessivo de sal durante o ano de 2018.

As bloggers Isabel Zibaia Rafael e Raquel Fortes, dos blogs «Cinco Quartos de Laranja» e «It’s Up To You», respetivamente, foram as participantes do 2º painel onde se falou sobre a influência do digital na alimentação e de como promover uma alimentação saudável.

No painel moderado por Alexandra Bento, os chefs José Avillez, Justa Nobre e Nuno Queiroz Ribeiro explicaram como cozinhar pratos saborosos e saudáveis, refletindo as preocupações do sector da restauração.

Na sessão de encerramento, Fernando Araújo reforçou que a Estratégia Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável ficará disponível para consulta pública no último dia de julho, devendo todos os contributos ser remetidos até ao dia 15 de agosto de 2017.

Destaques

Informação ao Consumidor
Informação ao Consumidor

FIPA NOTÍCIAS

Remova aqui o seu email