Consumidor

Pequeno-almoço alvo de estudo

11/12/2017 |

O relatório "A importância do pequeno-almoço na Europa: uma revisão das políticas nacionais e campanhas de saúde", publicado recentemente, foi preparado pela aliança "Breakfast is Best" (BIB), da qual a CEEREAL, a Associação Médica Europeia (EMA), a Associação que representa os dietistas pediátricos (CEDE) e a Associação que representa a Federação Europeia de Dietistas (EFAD) são membros.

O relatório analisou as políticas de 16 países sobre estilos de vida e dieta saudáveis e verificou que, embora as implicações na saúde e no estilo de vida do consumo regular de pequeno-almoço sejam amplamente compreendidas, muitos governos europeus ainda não dedicam esforços suficientes para encorajar as pessoas a tomar pequeno-almoço. Também é claro que atualmente não existem campanhas a nível da UE dedicadas à promoção do consumo de pequeno-almoço.

A avaliação da "performance" dos 16 países baseia-se em quatro critérios – referência à importância do pequeno-almoço na documentação oficial; monitorização e medição de dados de consumo de pequeno-almoço; fornecimento de informações claras e intuitivas e organização ou apoio a campanhas em curso. O relatório verificou que, em metade dos países, eram cumpridas as quatro medidas (Bélgica, Dinamarca, Itália, Holanda, Portugal, Eslovênia, Espanha e Reino Unido), enquanto que na Alemanha e República da Irlanda eram cumpridas três, na Áustria, França e Grécia duas, na República Checa apenas uma e na Polônia e Roménia não se encontraram nenhum das quatro.

Versão completa do relatório e o resumo executivo

Mais informações sobre o BIB.

Destaques

Informação ao Consumidor
Informação ao Consumidor

FIPA NOTÍCIAS

Remova aqui o seu email