Promover a competitividade do setor

Promover um compromisso nacional para a indústria alimentar e das bebidas que permita reforçar a competitividade, alavancar o crescimento externo, fomentar o emprego e assegurar a confiança dos consumidores. 

 

Intensificar a inovação

Assegurar que o enquadramento legal tenha por base as evidências científicas e que a investigação, desenvolvimento e inovação sejam uma aposta do país. 

 

Crescer de forma sustentável

Mobilizar para uma abordagem sensata à relação única que a indústria alimentar e das bebidas tem com a sua envolvente, garantindo o equilíbrio entre a preservação dos recursos e a competitividade a longo-prazo, numa perspetiva económica, social e ambiental

 

Servir os consumidores

Envolvimento com os decisores políticos, parceiros e a sociedade em geral, com vista à promoção de estilos de vida saudáveis e à mudança de perceções sobre a indústria alimentar

 

Transversalmente as nossas prioridades são:

 

  1. Equilíbrio na relação entre fornecedores e distribuidores;

  2. Suporte à exportação e internacionalização;

  3. Adequação da política fiscal à competitividade ;

  4. Estratégia pública de incentivos à inovação;

  5. Promoção de estilos de vida saudáveis.

FIPA NOTÍCIAS