Competitividade

Data de congelação obrigatória

24.01.2023 |

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) publicou recentemente um esclarecimento, onde clarifica que a indicação da ‘data de congelação’ ou da ‘data da primeira congelação’, caso o produto tenha sido congelado mais que uma vez, deve ser controlada na matéria-prima, nos produtos previstos, de acordo com o a obrigatoriedade prevista no Regulamento de Informação ao Consumidor. Essa data pode ser apenas indicada com o mês e o ano (mm.aaaa) da congelação.

Para melhor exemplificação, citam-se os seguintes exemplos:

  • Nos filetes congelados, preparados a partir de pescado já congelado, a data a figurar é a do peixe que deu origem aos filetes;
  • Nos hamburgers congelados deve figurar a data de congelação da carne que deu origem ao ‘preparado de carne’ do qual se elaboraram os hamburgers, se a carne foi congelada inteira, ou do ‘preparado de carne’, se foi este que foi congelado.

O Regulamento determina a obrigação de indicar a data de congelação ou a data da primeira congelação, nos casos em que tenha havido mais do que uma, nos seguintes produtos:

  • Carne congelada;
  • Preparados de carne;
  • Produtos da pesca congelados não transformados.

dados estatísticos

Exportações Indústria Alimentar (milhões de euros)

  • 682
  • 663

Exportações 2023 - 2024

  • 595
  • 663

Subscreva a nossa newsletter

Acompanhe todas as novidades

Subscrever
Linkedin
mail