Competitividade

Europa promove sustentabilidade

15/11/2018 |

Os programas para 2019 que visam a promoção dos produtos agroalimentares europeus centrar-se-ão sobretudo nos mercados situados fora da UE que apresentam o potencial de crescimento mais elevado.

A Comissão Europeia acaba de adotar, com data de 14 de novembro, o programa de trabalho para 2019 no âmbito da política de promoção, o qual inclui uma dotação de 191,6 milhões de euros para programas selecionados para cofinanciamento da UE – o que significa um aumento de 12,5 milhões de euros comparativamente a 2018. Destes, 89 milhões de euros serão afetados a campanhas nos países com forte crescimento, nomeadamente o Canadá, a China, a Colômbia, o Japão, a Coreia, o México e os Estados Unidos. Uma parte destes fundos destina-se à promoção de produtos específicos, como as azeitonas de mesa.

A nível interno, é dedicada especial atenção às campanhas de promoção dos diferentes sistemas e rótulos de qualidade, incluindo as denominações de origem protegida (DOP), as indicações geográficas protegidas (IGP) e as especialidades tradicionais garantidas (ETG), assim como aos produtos biológicos. Além disso, uma parte do financiamento destina-se a setores específicos como o arroz, a fruta e os produtos hortícolas produzidos de forma sustentável. Estes produtos foram especificamente selecionados para se promover uma alimentação saudável junto dos consumidores da UE.

Os convites à apresentação de propostas para campanhas específicas serão publicados em janeiro de 2019. Estarão abertos à participação de um grande número de organismos, nomeadamente as organizações comerciais e de produtores, assim como os agrupamentos do setor agroalimentar com responsabilidades nesta área.

 

Mais informações

FIPA NOTÍCIAS

Remova aqui o seu email