Competitividade

FIPA analisa impacto do conflito

11/03/2022 |

O Presidente da FIPA analisa o impacto da invasão da Ucrânia pela Rússia, na indústria agroalimentar, no podcast do Expresso “Money Money Money”. O aumento dos custos das matérias-primas agrícolas, da energia e de matérias-primas de embalagens e a disrupção nas cadeias logísticas e de transportes, já sentido desde meados de 2021, mas agora agravados, foram alguns dos tópicos abordados.

Jorge Tomás Henriques explica que, ainda antes deste conflito, a previsão da FIPA apontava para que “antes do final do primeiro semestre deste ano, não iria haver nenhum abrandamento no aumento em cadeia dos preços das matérias-primas”, sublinhando que “neste momento, face à situação mundial e, por outro lado, à invasão da Ucrânia pela Rússia, estimamos que antes do final do ano não teremos nenhuma estabilidade relativamente a preços”.

O representante da FIPA tranquiliza os consumidores destacando que não há, atualmente, problemas de abastecimento e afasta o cenário de racionamento do consumo. “Temos reunido com o Governo e analisado estas questões” e “não nos parece, neste momento, que as circunstâncias e a forma como estamos a lidar com o abastecimento destas matérias-primas e controlo de stocks levem a um cenário de restrição”, finaliza Jorge Tomás Henriques.

O podcast está disponível aqui.

dados estatísticos

Exportações Indústria Alimentar (milhões de euros)

  • 495
  • 525
  • 581

Exportações 2021 - 2022

  • 493
  • 581

FIPA NOTÍCIAS

>
Remova aqui o seu email
FIPA - Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares
Remova aqui o seu email
Linkedin
mail