Competitividade

UE-China: Origem dos produtos em acordo

22/07/2020 |

A União Europeia e a República Popular da China estabeleceram um acordo histórico com vista à utilização das indicações geográficas relativas a um conjunto de produtos agroalimentares, vinhos e bebidas espirituosas, com o objetivo de proteger a qualidade e as características específicas associadas à sua origem.

Este é o primeiro acordo bilateral desta natureza e contempla uma lista de 100 produtos europeus e 100 produtos chineses. Entre as referências portuguesas estão os vinhos com as designações “Alentejo”, “Dão” “Douro” “Porto”, “Vinho Verde” e ainda a “Pera Rocha do Oeste”. 

Após quatro anos da sua entrada em vigor, o espectro deste acordo abrangerá mais 175 designações de ambas as partes, sendo que desta lista fazem parte referências como o “Azeite de Moura”, o “Azeite do Alentejo Interior”, o “Azeite de Trás-os-Montes”, os vinhos “Bairrada” e “Vinho da Madeira”, o “Presunto de Barrancos” e o “Queijo S. Jorge”.

A China é um mercado potencial de alto crescimento para alimentos e bebidas oriundos da Europa e, defende o Conselho Europeu em comunicado, este acordo vem beneficiar os produtores europeus.

O texto do acordo está disponível aqui.

FIPA NOTÍCIAS

Remova aqui o seu email