Consumidor

Indústria apoia declaração da ONU

01/10/2018 |

A Assembleia Geral da ONU adotou, por unanimidade, uma declaração política que mobiliza esforços acelerados para combater as doenças não transmissíveis (DNTs).

O documento inclui compromissos para reduzir em 1/3 a mortalidade prematura por doenças não transmissíveis (DNTs) até 2030, em consonância com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

A participação, pela primeira vez, da Confederação das Indústrias Agroalimentares da União Europeia (FoodDrinkEurope) no Encontro de Alto Nível da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque é prova do forte empenho e compromisso da indústria agroalimentar nestas áreas e, em particular, da responsabilidade partilhada e interesse na abordagem da nutrição a nível global.

Na declaração política, os Chefes de Estado e de Governo de todos os países da ONU reconheceram o importante papel que o setor privado desempenha na prevenção, controlo e tratamento das DNTs e convidaram-no a fortalecer os seus compromissos e contribuições na criação de ambientes de trabalho seguros e saudáveis, na reformulação e promoção de alimentos consistentes com uma dieta saudável, no compromisso com marketing e publicidade responsáveis para crianças e na contribuição efetiva para a redução do consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

A indústria agroalimentar está totalmente comprometida e reconhece que tem um papel fundamental a desempenhar para ajudar a inverter a tendência crescente de obesidade e DNTs relacionadas com as dietas na União Europeia. É por isso que, já há muito tempo, foram tomadas medidas em áreas fundamentais que contribuem para dietas mais equilibradas e estilos de vida mais saudáveis, incluindo a formulação e inovação de produtos, informação ao consumidor, marketing e publicidade responsáveis e promoção de estilos de vida saudáveis.

Destaques

Informação ao Consumidor
Informação ao Consumidor

FIPA NOTÍCIAS

Remova aqui o seu email