Sustentabilidade

Contra o desperdício alimentar

29/09/2020 |

Assinalou-se, a 29 de setembro, o primeiro Dia Internacional da Consciencialização sobre Perdas e Desperdício Alimentar, instituído pela ONU. Pela transversalidade do tema e pela sua importância social, económica e ambiental, a FIPA defende que este trabalho de combate e consciencialização deve ser feito em cooperação com todos os intervenientes da cadeia de abastecimento, desde a produção, à indústria, passando pela logística, distribuição, retalho e consumidor.

“Dada a natureza das suas operações, importa sublinhar que a indústria tem, há muito, como foco principal a redução das perdas alimentares na produção. No entanto, defendendo que o combate na área do desperdício deva ser uma responsabilidade de todos os agentes, temos atuado e estado sempre disponíveis para colaborar para encontrar as melhores soluções neste campo”, destaca Pedro Queiroz, diretor-geral da FIPA.

Prova deste trabalho colaborativo, a indústria agroalimentar tem vindo já a atuar em diversos ângulos com os intervenientes da cadeia de abastecimento. Alguns dos exemplos de medidas levadas a cabo pelo setor são as parcerias na cadeia de valor para otimizar a produção, de acordo com as necessidades da indústria; a coordenação com operadores de logística para uma eficaz gestão de stocks, acondicionamento e transporte; e a aposta em conhecimento científico e inovação de sistemas e ferramentas, que permitem identificar as causas das perdas e evitá-las.

No empenho transversal do setor agroalimentar, destaca-se também a inovação no produto, com a aplicação de produtos/ingredientes excedentes ou não normalizados em novas categoriais para alimentação humana ou animal; a colaboração para desenvolvimento de soluções de embalagens mais sustentáveis, que permitam prolongar a durabilidade e qualidade dos alimentos e bebidas e uma melhor gestão de porções no momento de consumo; e a melhoria da informação ao consumidor no que diz respeito aos prazos de validade, ao acondicionamento, congelamento/ descongelamento e preparação dos alimentos.

A acrescentar que, do ponto de vista institucional, a FIPA faz parte da Comissão Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar, que apresenta hoje o seu “Selo distintivo” - destinado a todas as entidades públicas e privadas que desenvolvam iniciativas que visem prevenir, evitar ou medir o desperdício alimentar – e juntou-se, através da CIP, à iniciativa “Unidos Contra o Desperdício”. Já no que diz respeito à representação na Europa, a FIPA integra está alinhada com a FoodDrinkEurope, a confederação europeia que a propósito do tema deu a conhecer recentemente as suas sugestões e recomendações sobre o tema.

FIPA NOTÍCIAS

Remova aqui o seu email