Sustentabilidade

Novas regras para R-PET

20.09.2022 |

No âmbito do Plano de Ação para a Economia Circular, a Comissão identificou o aumento da reciclagem dos plásticos como um pré-requisito essencial para a transição para uma economia circular. Assim, a Comissão adotou uma Estratégia Europeia para os Plásticos na Economia Circular, que apresenta compromissos essenciais, a fim de reduzir os impactos adversos da poluição causada pelo plástico e que procura aumentar a capacidade de reciclagem de plásticos na União e o teor de material reciclado nos produtos e embalagens de plástico.

Dado que uma grande parte dos materiais de embalagens de plástico é utilizada para embalar alimentos, a política só pode atingir os seus objetivos se o teor de plástico reciclado nas embalagens de alimentos também aumentar.

Um pré-requisito para qualquer aumento do teor de material reciclado nas embalagens de alimentos e noutros materiais continua a ser a necessidade de garantir um elevado nível de proteção da saúde humana.

No entanto, os resíduos de materiais e objetos de plástico, mesmo quando provenientes de embalagens de alimentos, podem conter contaminantes inerentes a essa utilização, passíveis de comprometer a segurança e a qualidade dos materiais e objetos de plástico reciclado que entram em contacto com os alimentos. Por conseguinte, o plástico deve ser sempre descontaminado durante a sua reciclagem a um nível que garanta que os contaminantes remanescentes não podem pôr em perigo a saúde humana nem afetar de outro modo os alimentos, se for utilizado para a produção de materiais e objetos de plástico reciclado que entram em contacto com os alimentos.

A fim de garantir que os consumidores de alimentos e os operadores de empresas do setor alimentar podem confiar nos materiais descontaminados e que existe uma interpretação uniforme do grau de descontaminação considerado suficiente, a descontaminação dos materiais e objetos de plástico reciclado destinados a entrar em contacto com os alimentos deve ser sujeita a um conjunto de regras uniforme.

O diploma agora publicado exige a descontaminação dos plásticos através de uma tecnologia de reciclagem adequada e inclui a utilização de tecnologias de reciclagem química no seu âmbito de aplicação.

A fim de garantir a segurança e a qualidade dos materiais e objetos de plástico reciclado, são agora definidas regras relativas à colocação desses produtos no mercado.

Mais informações

dados estatísticos

Exportações Indústria Alimentar (milhões de euros)

  • 529
  • 582
  • 542
  • 614
  • 570
  • 582

Exportações 2021 - 2022

  • 489
  • 582

Subscreva a nossa newsletter

Acompanhe todas as novidades

Subscrever
Linkedin
mail