Sustentabilidade

Progresso nos Plásticos

25.11.2021 |

O Pacto Português para os Plásticos (PPP) divulgou, a 25 de novembro, os resultados do Primeiro Relatório de Progresso. Trata-se do agregado de informação que reflete o esforço coletivo e colaborativo dos membros do PPP e no qual podem ser encontrados inúmeros exemplos de ações implementadas em prol da aceleração da transição para uma economia circular para os plásticos. 

Entre algumas das principais conclusões deste relatório, referente às embalagens de plástico colocadas no mercado pelos membros do PPP em 2020, destacam-se:

  • Dois terços do volume de plásticos de uso único considerados problemáticos e/ou desnecessários são as “embalagens não detetáveis em sistemas de triagem (e.g. carbon black)" e “embalagens PVC”;
  • 52% das embalagens de plástico são recicláveis;
  • 36% é a taxa oficial de reciclagem de embalagens de plástico em Portugal (dados 2019);
  • 7% das embalagens de plástico são reutilizáveis;
  • 11% de incorporação de plástico reciclado, em média, nas novas embalagens.

O documento completo do Primeiro Relatório de Progresso do PPP pode ser consultado aqui.

O PPP é coordenado pela Associação "Smart Waste Portugal" e pertence à "Plastics Pact Network" da iniciativa "New Plastics Economy", da Fundação Ellen MacArthur. Conta com mais de 100 membros, entre os quais a FIPA.

dados estatísticos

Exportações Indústria Alimentar (milhões de euros)

  • 542
  • 614
  • 572
  • 581
  • 587
  • 645

Exportações 2021 - 2022

  • 533
  • 645

Subscreva a nossa newsletter

Acompanhe todas as novidades

Subscrever
Linkedin
mail